O livro mais bizarro da terra escrito por um arquiteto italiano

No final dos anos 70 um arquiteto italiano, ilustrador e designer industrial Luigi Serafini fez um livro, uma enciclopédia bizarra que se passa em um mundo paralelo. Contendo cerca de 360-380 páginas. Ele é todo escrito em uma língua desconhecida, usando um alfabeto desconhecido. O cara levou 30 meses para concluir essa obra-prima que muitos poderiam chamar de "O livro mais estranho da terra". Codex Seraphianianus dividiu o livro em 11 capítulos e 2 partes - primeira parte sobre a natureza e o segundo é sobre pessoas. Antes que eu me esqueça, já houve outro livro semelhante chamado Manuscrito de Voynich.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

97 montagens engraçadas feitas pelo ajeita pra mim

Americano coloca ele mesmo em fotos de infância

75 prints do whatsapp e rede engraçados de conversas aleatórias