O livro mais bizarro da terra escrito por um arquiteto italiano

No final dos anos 70 um arquiteto italiano, ilustrador e designer industrial Luigi Serafini fez um livro, uma enciclopédia bizarra que se passa em um mundo paralelo. Contendo cerca de 360-380 páginas. Ele é todo escrito em uma língua desconhecida, usando um alfabeto desconhecido. O cara levou 30 meses para concluir essa obra-prima que muitos poderiam chamar de "O livro mais estranho da terra". Codex Seraphianianus dividiu o livro em 11 capítulos e 2 partes - primeira parte sobre a natureza e o segundo é sobre pessoas. Antes que eu me esqueça, já houve outro livro semelhante chamado Manuscrito de Voynich.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

75 prints do whatsapp e rede engraçados de conversas aleatórias

31 prints engraçados que lembrarão as melhores conversas

Como desmaiar sozinho de verdade e de propósito